Contação de histórias: 5 melhores canais no YouTube

26

Muitos subestimam a importância das histórias na fase inicial da infância, pensando que são uma mera distração para as crianças. Na verdade, elas são o posto! 

As histórias são uma das melhores ferramentas de aprendizagem, uma vez que proporcionam benefícios que estimulam a linha de raciocínio. Assim, a criança aprende enquanto brinca.

Saiba, a seguir, como a contação de histórias pode ser uma ferramenta muito positiva para o desenvolvimento dos pequenos. Confira ainda os 5 melhores canais no YouTube, para incentivar a aprendizagem e divertir a criançada. 

Como contar histórias infantis?

Você já notou como as crianças gostam de interagir, conversar, assistir desenhos e de escutar histórias a qualquer hora do dia?

mãe e filha lendo conto em casa
Fonte: Freepik

Existem diversos momentos em que podemos estimular o aprendizado delas, desde que sejam utilizadas ferramentas e abordagens corretas a fim de despertar o interesse e possam prender a atenção dos pequenos.

Veja como contar histórias infantis, seja para seus filhos, sobrinhos ou alunos.

Em casa: antes de dormir

O ideal é contar histórias antes de dormir, pois é o momento em que o subconsciente assume o controle e libera a imaginação. A primeira coisa que sonhamos geralmente está relacionada ao último pensamento antes de adormecermos.

 Portanto, se contarmos uma história a nossos filhos antes disso, estamos ajudando-os a aprender enquanto dormem.

Creche ou escola

Os professores de Educação Infantil também têm vários momentos ao longo do dia para contar uma história aos seus alunos. 

Pode-se fazer de forma rotineira e definir um horário específico a cada dia (antes de sair para o pátio, realizar uma roda de história ou antes de ir para casa). Outra opção é escolher o horário com base na forma como o grupo se comporta (períodos menos ativos, quando a turminha está mais cansada, entre outros.).

As histórias são muito boas para relaxar os pequenos quando estão especialmente inquietos. Também é uma boa ideia ter acessórios, como um chapéu ou uma varinha mágica, além de outras opções divertidas e diferentes, para que a criança consiga relacioná-las diretamente a este momento.

Recursos visuais: utilize objetos, fantoches

Ao contar uma história, é importante dar a cada personagem sua própria voz, gestos e personalidade, para que a criança possa imaginar a história que estamos contando. 

Temos também que fazer o exercício do imaginário, pois, assim, será mais credível para eles. Podemos colocar a entonação certa, ter um ritmo narrativo que os mantenha interessado e até incentivá-los a interagir com objetos e fantoches.

Realize atividades relacionadas às histórias contadas

O tempo para contar ou ouvir a história é mágico para a criançada, mas as atividades que podemos fazer depois são incríveis. 

Você pode inventar outras histórias com os mesmos personagens, apresentar novas narrativas com temáticas semelhantes ou relacionadas, procurar finais diferentes ou estimular a criatividade buscando uma sequência para a mesma a partir do final original.

crianças pintando juntas
Fonte: Freepik

Também pode-se desenvolver o pensamento lógico-matemático, como reproduzir as cenas, ordenar as ações a partir de desenhos, contar personagens, animais, objetos ou fazer abordagens sobre o espaço e o clima.

Para verificar o nível de compreensão, você pode fazer perguntas sobre a história, relembrar as características dos personagens ou partir das ilustrações para recriar a narrativa.

Imitar o som dos animais, desenhar uma imagem de ambientes ou personagens, inventar canções sobre cada um deles, ouvir ou procurar canções que possam estar relacionadas com diferentes momentos e as sequências da história são outras opções.

Além disso, você pode escolher uma cena marcante e incentivá-los a organizar um mini teatro ou fazer um quebra-cabeça com uma imagem da história.

Objetivos da contação de histórias infantis

A história é uma das bases para o desenvolvimento intelectual. Contando uma história, podemos fazer as crianças entenderem mais rapidamente determinadas situações, estimular o cérebro, o funcionamento da memória e o desejo de se expressar.

Os principais objetivos da contação de histórias infantis são:

  • Melhorar do processo de ensino-aprendizagem;
  • Estimular a concentração e a atenção;
  • Tornar o aprendizado divertido para que gostem de ler;
  • Estimular a imaginação e a curiosidade;
  • Ensinar conceitos importantes (sociais, éticos e educacionais);
  • Estimular o raciocínio lógico, além de outros.

Importância da contação de histórias na educação infantil

A partir dos 2 anos, as crianças começam a compreender a estrutura de uma história simples: introdução, problemas dos personagens e resolução.

Elas passam a ter mais atenção, um vocabulário mais rico e, graças ao desenvolvimento da linguagem que vivenciam nesta idade, podem se expressar e fazer perguntas, permitindo um maior entendimento.

As histórias desenvolvem a imaginação das crianças, promovem a criatividade e o pensamento abstrato. Um bom exercício é fazer a criança criar um final diferente, inventando novos personagens ou mudando uma parte da história.

Outro aspecto muito importante é que as histórias são um instrumento de união entre pais e filhos. O hábito da contação antes de dormir ou depois do jantar ajuda a criança a relaxar e ter um momento afetuoso com os adultos. 

Portanto, ter um local para contar a história que seja caloroso, calmo e acolhedor, faz o pequeno se sentir bem e ter gosto pela leitura.

Finalmente, contar histórias é uma boa ferramenta para trabalhar a empatia (colocar-se no lugar dos outros). Assim, a criança entra na “pele dos personagens”, vivenciando suas alegrias, surpresas, medos e tristezas. 

Vivendo suas emoções, facilita o entendimento da moral das histórias, por isso, torna-se um veículo muito útil para transmitir valores, como generosidade, paciência e perdão.

Melhores canais de contação de histórias

A internet proporciona diversos conteúdos divertidos e educativos. É importante que os pais e professores não deixem de ter um momento do dia para realizar atividades com as crianças, estabelecendo um vínculo, para garantir a sua interação social. 

Confira, a seguir, quais os melhores canais de contação de histórias infantis para os pequenos:

  1. Fafá conta histórias
Fonte: Canal Fafá conta histórias

Este canal foi criado em 2015 pela atriz Flávia Scherner. Conta com mais de 40 mil inscritos, fazendo a contação de diversas histórias infantis de forma divertida e que entretém os pequenos.

No Fafá conta histórias, há também dicas de literatura infantil, que os pais podem aproveitar enquanto assistem junto com os filhos.

  1. Hora da imaginação
Fonte: Canal Hora da imaginação

O canal foi criado pela Despertar Produções, após cancelamento de espetáculos devido à pandemia por Coronavírus em 2020 e recomendações de isolamento.

Diversos artistas realizam vídeos com histórias divertidas na Hora da imaginação, estimulando o interesse e a aprendizagem das crianças. Os vídeos “O macaco e a velha” e “A roupa nova do rei” são alguns dos mais acessados. 

3.Varal de Histórias

Fonte: Canal Varal de histórias

É um canal com mais de 330 mil inscritos, que foi criado em 2013 pela contadora de histórias Juçara Batichoti.

Ela posta vídeos nas quartas e sábados, baseados em clássicos infantis e obras contemporâneas, entre outros temas. Além disso, no Varal de histórias realiza apresentações utilizando recursos visuais (como fantoches e objetos), aprenda a fazer com passo a passo e muito mais.

4.Rúbia Mesquita

Fonte: Canal Rúbia Mesquita

Rúbia Mesquita é uma palestrante que posta em seu canal diversos vídeos com conteúdo de qualidade para crianças. Há atividades de adivinhação, “o que é, o que é”, anedotas, trava-línguas e diversos outros, além, é claro, dos vídeos de contação de história.

5.Paula Furtado

Fonte: Canal Paula Furtado Psicopedagoga

Paula Furtado é uma psicopedagoga que conta histórias infantis em seu canal no Youtube, que ensinam as crianças sobre sentimentos, abrindo discussões sobre o que são eles, como são identificados e comportamentos diante dos mesmos, entre outros. Tudo isso, através de vídeos que prendem a atenção dos pequenos.

Procure sempre variar os canais, pois cada um tem abordagens diferentes que possuem ótimos benefícios para a aprendizagem das crianças. Lembre-se que os livros levantam questionamentos, abrem possibilidades, apresentam realidades diferentes e ensinam muito mais do que pensamos. 

Quanto mais cedo as crianças perceberem isso, melhor será o seu aprendizado. Afinal, elas são o futuro do mundo!